Prof. Dr. Antônio Jackson de Souza Brandão
 
 
Sintaxe
 
 

Colocação pronominal

 

1.    Verifique as alternativas em que o pronome átono está incorretamente empregado,  escrevendo as frases corretamente.

a)    Jamais exponha-te ao perigo da radiação atômica.

b)    Eis o que falaram-me aqueles que acusaram-te.

c)    O que te pedi, peço que me entregues o quanto antes.

d)    Nunca erga-me tanto a voz.

e)    Os livros de que falei te na semana passada, já chegaram da França.

 f)     Quando lhe ofereceram o cargo, por que não o aceitou?

g)    Aqueles lápis, onde colocaste-os?

 h)   Muitos homens foram-se para o estrangeiro em busca de melhores condições de vida.

 i)     Se afastares-te do posto, perderás-o.

 j)     Seria preciso que excluísse-se aquela erva daninha do meio daqueles bons alunos.

 k)    Embora mantivesse-o preso, a polícia tinha certos cuidados.

l)     Se entediavam de tanto assistir aos péssimos programas exibidos na TV.

m)  Venderia-lhe um carro tão cheio de defeitos?

n)   Nada ajuda-lo-á nessa fase de rebeldia.

o)    Não digo-lhes nenhuma mentira para dar bom exemplo.

p)    Quando assustei-me com o carro, não percebi que o sinal estava vermelho para os pedestres.

q)    Não joga-se comida fora.

r)     Lhe ofereça a mercadoria por um bom preço.

s)    Tentaria-se uma vaga na escola para o filho mais velho.

t)     Sempre trataram-me com muito carinho.

u)   Arrumamos-os para a festa de fim-de-ano.

v)    Haviam oferecido-me bons motivos para ir à reunião de condomínio.

w)   Em falando-se de pobreza no Nordeste, não esqueçamos-nos de que em São Paulo também há muita.

 

 

2.  Introduza o pronome oblíquo átono dos parênteses nas frases abaixo de acordo com a norma culta.[1]

a)    João estava cansado, recebeu friamente . (me)

b)    Doamos o quadro. (lhe)

c)    Recebemos com certa espectativa. (o)

d)    Teve a ideia de segurar o irmão, mas seguraram. (o)

e)    Deixe de magoar com essas aflições. (se)

f)     O certo é que sentíamos infelizes. (nos)

g)    O hábito de perfumarem logo de manhã era enjoativo. (se)

h)   É muito rápido para contar do meu amor. (lhe)

i)     Ajudai uns aos outros. (vos)

j)     Segurei no colo enquanto a mãe procurava a mamadeira. (a)

k)    Apliquei a injeção sem que ela sentisse dor. (lhe)

l)    A verdade é que percebia inibida perto dele. (me)

m)  Todos dirão que não recordam dessa história. (se)

n)   Diria que pouco sabíamos da matéria para a prova. (se)

o)    A população reunida ensinaria que através do silencia era possível protestar. (lhe)

p)    Em falando de pobreza no Nordeste, não esqueçamos de que São Paulo é um centro para onde vão muitos pobres à procura de trabalho. (se - nos)

q)    Tenho visto pouco feliz. ( a)

r)     pan>PrePreciso mandar os originais do livro de gramática. (lhe)

s)    Ao encontrar, percebi que o amava. (o)

t)     Sabia que entenderíamos to bem. (nos)

 

3. Leia, atentamente, o seguinte excerto:

 

Vela

A luz acabou...

A energia acabou,

Procuram-se velas,

procuram-se tréguas.

A chama clama

Pra viver.

Seu brilho é amarelo,

marrom e azul:

azul céu, marrom terra,

amarelo ânima

que anima nossa vida,

nos dá esperança

nos faz ser criança!

 

A vela nos vela

nas noites frias

noites sombrias,

que medo nos dá

de de ficarmos sós

 

(Brandão, Antônio Jackson de S.  in Poesia, tempo e mar, p. 33)

 

a) Passse os versos procuram-se velas, / procuram-se tréguas para o singular.

b) Na última estrofe, há dois pronomes átonos. Foram empregados segundo o padrão culto? Há outra possibilidade de emprego. Justifique.

 

4.    Substitua os substantivos que funcionam como objetos pelos pronomes átonos correspondentes:

 

a)    Obedece a teus avós.

b)    Põe o chapéu.

 c)    Fiz o aluno compreender a lição.

 d)    Mostraremos a prova.

 e)    Já vos perdoei o erro.

 f)     Preciso ver os amigos.

 g)    Pus o chapéu na cabeça.

 h)    Dirias a causa?

 i)      Paulo me disse a verdade.

 j)      Sofreremos nossos maus instintos.

 

5.    Há, na seguinte sequência, uma substituição correta dos termos destacados pelos pronomes átonos. Indique-o:

 

a)   

Fizeram as atividades propostas pelo professor de artes.

Fizeram-as ao professor de artes.

b)

Quero comer uma feijoada no sábado, pois será o aniversário de minha irmã.

Quero comer-la no sábado, pois será o aniversário de minha irmã.

c) 

Vou pôr estas carteiras naquele local coberto.

Vou pô-las naquele local.

d)   

Trouxeram várias fitas de vídeo para assistir.

Trouxeram-as para assistir.

e)   

Refiz os projetos, pois os havia errado anteriormente.

Refiz-os, pois os havia errado anteriormente

 

6. (UNESP) Em que caso o pronome pessoal não está correto?

a)    Não vá sem mim.

b)    Aprontaram tudo para eu acertar.

c)    Deixaram eu sair cedo.

d)    Tudo se volta contra mim e você.

e)    Não irrite-me com tais argumentações.

 

7. (FUVEST)

Eu ____ desconheço.

Roubaram-____ o carro.

Os carros? Roubaram-____.

Não ____ era permitido ficar na sala.

Obrigaram- ____ a sair daqui.

 

a)    o, lhe, nos, lhe, nos

b)    lhe, o, o, o, no

c)    o, os, lhe, lhe, lhe

d)    lhe, lhe, lhe, se, os

e)    oo, o, os, lhe, no

 

8. Assinale a alternativa em que há erro na classificação do pronome:

a)    O que ele quer é poder, simplesmente poder. → demonstrativo

b)    Chamei-lhe para o partido mais uma vez. → pronome oblíquo

c)    Receberam as tais pessoas que telefonaram. → demonstrativo

d)    Gostaria de saber notícias suas. → possessivo

e)    Não entendi o  que a música diz. → pronome oblíquo

 

9. (Un. Caxias do Sul) Confio em _____; por isso para ________ estar tranqüilo, basta-me sua presença.

 a)    ti – mim

b)    si – mim

c)    você – mim

d)    você – eu

e)    ti – eu

 

10. Assinale a alternativa incorreta quanto à colocação pronominal:

a)    Amanhã, contar-lhe-ei o grande segredo.

b)    Pedimos-lhe um favor e ele não fez.

c)    Ali se vendem relógios.

d)    Ninguém dar-se-ia bem naquele trabalho.

e)    Prometi-lhe dedicar-me aos estudos.

 

11. (Carlos Chagas) Nada ________ sem que __________ a _________ .

a)    far-se-á; nos disponhamos; lhe perdoar

b)    se fará; disponhamo-nos; perdoar-lhe

c)    se fará; nos disponhamos; perdoar-lhe

d)    far-se-á; disponhamo-nos; lhe perdoar

e)    far-se-á; nos disponhamos; perdoar-lhe

 

12.  (ITA-SP) Dadas as sentenças:
  1. I.              Seria-nos mui conveniente receber tal orientação.

    III.            Em hipótese alguma, enganaria-te.

    III.           Você é a pessoa que delatou-me.

     

    Contatamos que está (estão) correta(s):

    a)    apenas a sentença I

    b)    apenas a sentença II

    c)    apenas a sentença III

    d)    todas as sentenças

    e)    n.d.a.

     

    13. (CESGRANRIO) Assinale o item em que está mal empregado o verbo acompanhado de pronome oblíquo:

     a)    retém-no

    b)    mandamo-lhe

    c)    fi-lo

    d)    disseram-no

    e)    desejamo-lo

     

    14. (UNESP) Em que caso o pronome pessoal não está correto?

     a)    Não vá sem mim.

    b)    Aprontaram tudo para eu acertar.

    c)    Deixaram eu sair cedo.

    d)    Tudo se volta contra mim e você.

    e)    Não irrite-me com tais argumentações.

     

    15. Assinale a alternativa incorreta quanto à colocação pronominal:

     a)    Amanhã, contar-lhe-ei o grande segredo.

    b)    Pedimos-lhe um favor e ele não fez.

    c)    Ali se vendem relógios.

    d)    Ninguém dar-se-ia bem naquele trabalho.

    e)    Prometi-lhe dedicar-me aos estudos.

 

 

 

hiddenpic hiddenpic hiddenpichiddenpic hiddenpic hiddenpic hiddenpic hiddenpic hiddenpic hiddenpic hiddenpic